1 – O vírus do HIV pode ser transmitido através do aperto de mãos ou do abraço?

MITO: O vírus do HIV é transmitido através do sangue e do contato sexual. Outra forma de transmissão é quando a mães e soropositiva e transmite a doença para a filho durante a gestação. No entanto, nesta segunda situação, a transmissão pode ser evitada com o pré-natal.

2 – O diagnóstico só pode ser feito com exame de sangue?

VERDADE: existe um exame de sangue específico para o diagnóstico.

3 – É impossível contrair HIV em estúdios de tatuagem e manicures?

MITO: Antes de fazer os procedimentos de tatuagem ou tirar cutículas em salões de beleza, é preciso avaliar se os profissionais utilizam agulhas e seringas descartáveis, e alicates devidamente esterilizados.

4 – Filho da mulher com HIV pode não ter o vírus?

VERDADE: Se a mulher HIV positivo engravidar e realizar o tratamento devidamente durante toda a gestação o risco do bebê nascer com o vírus é mínimo.

5 – É possível viver bem com HIV?

VERDADE: Com o avanço da ciência, os anti-retrovirais são mais eficientes e tem menos efeitos colaterais trazendo melhor qualidade de vida. Além disso, hoje em dia as pessoas estão mais informadas e há menos preconceito em relação ao vírus HIV e a AIDS, no entanto é imprescindível realizar o tratamento tomando os medicamentos indicados pelo infectologista, usar sempre camisinha e realizar os exames e as consultas médicas regularmente.

6 – Não existe um profissional na área de medicina específico para o tratamento da AIDS?

MITO: O médico infectologista é um profissional treinado para realizar o diagnóstico, tratamento e prevenção das doenças infecciosas e parasitárias. Após anos de estudos e sólida formação clínica, tornam-se especialistas nas infecções causadas por vírus, bactérias, fungos e parasitas.

A Primacordis oferece a especialidade de Infectologia. Agora que você já sabe, agende o seu horário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu